terça-feira, 14 de dezembro de 2010


                                                                       A Criação



O nascimento de uma obra é dolorido
Rompe as entranhas numa força absoluta e implacável!
Como mulher que sou
Não sei o que é ainda ser mãe
Sentir o coração de um filho
Bater diante dos meus seios
Que o doarão o primeiro alimento
E talvez o mais puro,
Não sei o que é segurar suas pequenas mãos
Num gesto de acalento e amor,
Mas sinto que cada quadro pintado
É como um filho que amamento
Com o suor dos meus dedos
Que geram as ações do meu pensamento.
Sempre serei uma artista amadora
Por que não sigo técnicas
E não absorvo padrões estipulados pela sociedade
Deus não me ensinou a pintar o que as pessoas necessitam ver
Para serem confortadas
Deus só me ensinou a pintar o que sinto e vejo nos meus lugares mais escuros
Me ensinou a dialogar com a imaginação e a intensidade
Que me consome em transe profundo. 
Crio a Arte num orgasmo absoluto
Gerando minha sustentação.
Sinto o movimento de um novo embrião
A cada forma sinuosa  riscada em minha mente
Atiçada a acasalar bem na ponta dos meus dedos.
Na arte é o feto
Que amamenta a alma artística
Com o poder do despertar de novos sonhos.
Sinto  existir um cordão umbilical
De energia suprema e  intocável,
E isto é o mais instigante dos prazeres,
Nesta obra ,ofereço toda minha seiva,
Toda minha criação para a contemplação,
A Arte é como um filho aos meus olhos
Que a cada dia passado, rejuvenesce, 
E renasce com mais força......
Confesso sentir meu íntimo
Se dissolver numa fuga fulminante
Dentro da Arte
Composta  na minha decomposição.
Dente por língua, seios por pernas
Coração por útero, alma por liberdade.
Meus dedos se movem apressados
Com ânsia de romper as divisas
Rabiscar os gritos da noite
Enclausurados  nos meus ossos,
Pois sou  um  esqueleto que vive e pinta, a alma que se mistura nas tintas liquidificadas entre as telas brancas, pálidas que famintas de cores, devoram minhas faces em ritmo desenfreado num vulcão com sede de algo que me dê a ilusão de estar viva.

Alcinéia Marcucci

Um comentário:

  1. nos magnifica criatividade vc merece por ser uma otima artista bjuu

    ResponderExcluir